Cacique critica escolha de Beyoncé para papel de mulher africana: "não tem a dignidade humana"

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2016 21h29
Reprodução/Instagram<p>Beyoncé recebe duras críticas de cacique africano</p>

Nesta terça-feira (5), rodou o mundo a notícia de que Beyoncé pode estrelar um novo filme, sobre a africana Saartjie Baartman. Divulgada pelo jornal britânico “The Sun”, a notícia não foi oficialmente confirmada pela diva nem pela equipe de produção do longa, mas um cacique africano já fez duras críticas à escolha de Queen B para interpretar Saartjie no cinema.

“Ela não tem a dignidade humana básica para escrever a história de Saartjie, muito menos fazer o papel. Por quê Sarah Baartman? Por que não uma história de uma mulher indígena americana? Só posso ver arrogância em sua tentativa de contar uma história que não é para ela contar”, afirmou Jean Burgess em entrevista ao site sul-africano News 24.

Ele é representante da Ghonaqua First Peoples, uma instituição em prol dos povos originários da África do Sul. Para quem não sabe, Saartjie Baartman foi levada do continente africano para Londres, onde se apresentava em shows de aberrações, no século XIX. Por sua forma física, com o bumbum avantajado e a pele negra, era vista como uma anomalia.

“Ignorando o fato de que os khoikhoi estão vivos e que a história de Saartjie teria um impacto em como somos representados, é um erro de uma grande magnitude”, encerrou o cacique na entrevista.