João Gordo lembra relação com Chorão: “quase saímos na mão várias vezes, mas ficamos amigos”

  • Por Jovem Pan
  • 07/02/2018 14h16
Johnny Drum/ Jovem Pan

Conhecido pelo comportamento sem filtro, João Gordo não se esconde das atitudes polêmicas que já teve ao longo dos anos e reconhece que algumas delas terminaram melhores do que outras: a amizade com Chorão, saudoso vocalista do Charlie Brown Jr., é um exemplo dessas histórias.

No Pânico na Rádio desta quarta-feira (7), o músico lembrou da primeira vez em que conheceu Chorão, logo depois de criticar um clipe da banda no extinto “Gordo Pop Show”, da MTV. “Eu mal conhecia ele e no VMB ele veio me intimar. Eu disse que era brincadeira e empurrei ele e ficou um clima horrível”, falou.

“Quase saímos na mão várias vezes. Em outro VMB, na coxia, ele me deu uma porrada no escuro. Fui até a cozinha e pedi uma faca, mas tomaram ela de mim e depois, na festa, ficamos amigos”, contou.

Ao lembrar dos anos de MTV, João Gordo não deixou de comentar sobre suas atitudes impulsivas: “vai ver que essas atitudes queimaram meu filme porque nunca mais arrumei um trampo do nipe que fazia lá”.

“Hoje a MTV é só baixaria, não tem mais espaço [para os programas de antes]. Naquela época éramos felizes e não sabíamos”, lamentou.

Arrependimento na TV

Nos últimos anos, João Gordo voltou a ser figurinha carimbada na TV: no “Legendários”, da Record. A experiência, no entanto, não foi das melhores.

“Lá eu morri de vergonha muitas vezes. O ´Legendários’ não era um programa para uma figura como eu estar, eu ficava constrangido”, falou ao afirmar que se sentia “descaracterizado” na emissora.

Foi quando teve uma matéria vetada no programa que João Gordo se arrependeu de estar na Record. “Eu queria mesmo era ir embora. Não foi um dinheiro bom, mas foi um dinheiro honesto”, terminou.