Lil Wayne processa Universal Music por indenização de US$ 40 milhões

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2016 16h39
Divulgação<p>Lil Wayne acredita que a Universal lhe deve parte dos roaylties de Drake e Nicki Minaj</p>

Mostrando que se fosse para ser pacífico estaria no oceano, Lil Wayne mal saiu do processo contra o Birdman e entrou em uma nova batalha judicial. A ação agora é contra a Universal Music e o rapper está pedindo uma indenização no singelo valor de US$ 40 milhões.

De acordo com o site “The Hollywood Reporter”, Lil Wayne acredita que a gravadora lhe deve dinheiro por não ter pago os royalties não pagos de Nicki Minaj e Drake, rappers quem descobriu e cujas carreira ajudou a alavancar.

Para quem não sabe, a Universal Music é a distribuidora global da Young Money, gravadora do Lil Wayne. O rapper, por sua vez, acredita que a empresa desviou o dinheiro dos royalties referentes ao material de Drake, Nicki e Tyga para pagar um adiantamento de US$ 100 milhões para a Cash Money (selo do Birdman, quem Lil Wayne já processou e fez as pazes). Na opinião de Lil Wayne, entretanto, ainda que a Young Money e a Cash Money sejam parceiras, não é sua obrigação financeira as dívidas da gravadora do Birdman.

Segundo um porta voz da Universal revelou ao “The Hollywood Reporter”, a distribuidora soube da queixa pela mídia e não pretende liberar US$ 40 milhões para Lil Waye. “Não temos a intenção de propagar isso com mais comentários públicos, exceto que iremos contestar vigorosamente esse processo”, disse.