Mãe de Selena Gomez diz que alertou filha para não trabalhar com Woody Allen

  • Por Jovem Pan
  • 16/01/2018 11h32
Reprodução

Em 2017, Selena Gomez retomou a carreira de atriz ao aceitar trabalhar no novo filme de Woody Allen, “Rainy Day in New York”, e agora os fãs da cantora estão pedindo que ela se pronuncie sobre as denúncias de assédio que o diretor tem recebido.

Pelo Instagram, a mãe de Selena, Mandy Teefey, deu a entender que sabia do histórico de comportamento abusivo de Allen e, por esse motivo, tentou convencer a cantora a não aceitar o papel, mas não conseguiu.

Ao responder um fã, Mandy foi sincera sobre o caso: “desculpe, ninguém pode convencer Selena a fazer nada que ela não queira. Eu tive uma longa conversa com ela para não trabalhar com ele e não deu certo”.

“O time dela é incrível. Não há um culpado. Ninguém controla ela. Ela toma todas as suas próprias decisões. Não importa o quanto você tente aconselhar. Sempre cairá em ouvidos surdos”, completou.


Dois atores que trabalharam com Selena no filme de Woody Allen, Timothée Chalamet e Rebecca Hall, anunciaram que por conta das denúncias, decidiram doar seus salários da produção.