Nicki Minaj nega violação de direitos autorais em ação de Tracy Chapman

  • Por Jovem Pan
  • 27/02/2019 07h27
ReproduçãoNicki Minaj é acusada de infringir lei de direitos autorais

Nicki Minaj respondeu às alegações de que ela violou a lei de direitos autorais ao usar uma música de Tracy Chapman sem permissão. No ano passado, Chapman processou Minaj, afirmando que a música “Sorry”, que não foi lançada oficialmente, fez uso da canção “Baby Can I Hold You” sem permissão.

De acordo com o The Blast, Nicki argumenta que Tracy não “registrou de forma correta a reivindicação de direitos autorais” e ainda reforçou que “não é a dona dos direitos na questão”. Ela diz que Chapman não tem direito de coletar dinheiro por danos. No processo original, Tracy queria uma recompensa financeira, além de um documento que impedisse que a música fosse divulgada.

Minaj teria pedido para Chapman para usar um sample da música antes do lançamento de seu álbum mais recente, “Queen”, de 2018. Ela negou. A rapper agora “admite que representantes fizeram vários pedidos de uso”.

De qualquer forma, a ação judicial segue correndo na justiça e uma decisão ainda não foi tomada.