Olha a explosão! Os 7 funks brasileiros mais bombados no exterior

  • Por Liliana Pereira Barretto/Jovem Pan
  • 22/11/2018 07h00
Reprodução/ InstagramAnitta é a rainha do funk no Brasil e no exterior

Não há mais como negar: nos últimos anos, o consolidado funk brasileiro também se tornou sensação mundial. Segundo levantamento do Spotify de maio de 2018, o ritmo cresceu 3.421% fora do país nos últimos dois anos. O crescimento total, levando em conta Brasil e o mundo, foi de 4.694%.

O que explica o fenômeno funk? Talvez seja a grande quantidade de lançamentos, ou a onipresença destes nas grandes playlists dos serviços de streaming. O funk já não se restringe mais aos bailes de favela. Agora está nas baladas dos grandes centros, nos festivais mais bombados e nos programas de TV. E começa a conquistar o resto do mundo aos poucos, por meio de parcerias e versões com artistas internacionais.

Com base no mesmo levantamento do Spotify, a Jovem Pan reuniu os funks que mais fizeram sucesso lá fora:

7 – Dennis DJ, MC Nandinho e MC Nego Bam – “Malandramente”

Com a letra bem explícita, a história de “Malandramente” gira em torno de uma garota que “meteu o pé pra casa” na hora H. Virou sensação. Já são mais de 95 milhões de visualizações no YouTube. A música ainda inspirou diversos memes na internet.

6 – MC Fioti – “Bum Bum Tam Tam”

Funk também é cultura! Prova disso é o sample de uma peça de flauta composta por Johann Sebastian Bach por volta de 1723, que o funkeiro MC Fioti encontrou por acaso na internet. Apelidado de “Bach-tidão”, o hit fez história na era digital: se tornou o primeiro clipe de um artista brasileiro com um bilhão de visualizações no YouTube. “Bum Bum Tam Tam” foi o funk mais ouvido lá fora em 2018 e até ganhou um remix internacional com J Balvin, Future, Stefflon Don e Juan Magan.

5 – MC Zaac e MC Vigary – “Vai Embrazando”

Trilha sonora que anima qualquer “esquenta”, “Vai Embrazando” transcendeu o funk e se tornou um hit pop. Com a batida mais “light” e letra que gruda na cabeça, conquistou rapidamente o público fora do ritmo. O clipe já conta com mais de 276 milhões de visualizações no YouTube.

4 – MC Jhowzinho e MC Kadinho – “Agora Vai Sentar”

A música fez o nome de Yuri Martins chegar na boca do povo… literalmente! No molde das músicas norte-americanas, o nome do DJ é anunciado no início e ao longo de “Agora Vai Sentar”, o que virou uma característica peculiar e engraçada da faixa.

3 – Nego do Borel, Anitta e Wesley Safadão – “Você Partiu Meu Coração”

Uma das maiores parcerias dos últimos tempos na música brasileira, “Você Partiu Meu Coração” uniu três pesos pesados de gêneros distintos: Nego do Borel, Anitta e Wesley Safadão. Ao ouvido parece mais pop, mas a essência funk está lá. Chegou lá fora e logo ganhou uma versão em espanhol na voz do colombiano Maluma.

2 – MC Kevinho – “Olha A Explosão”

E não é que explodiu mesmo? A música, no caso. Kevinho se tornou um dos principais nomes da música nacional com o hit. “Olha a Explosão” conquistou até a rainha do pop Madonna e sua família!

1 – Anitta, MC Zaac, Tropkillaz, DJ Yuri Martins e Maejor – “Vai Malandra”

Fenômeno absoluto desde o momento de seu lançamento, não é à toa que “Vai Malandra” é o funk de maior sucesso fora do país. O carisma e a presença de Anitta conquistam qualquer gringo, e a participação do rapper norte-americano Maejor – que já trabalhou com Justin Bieber – também impulsionou a faixa no mercado internacional. Não se sabe a fórmula exata do sucesso, mas parece que Anitta e companhia chegaram perto de desvendá-la.