Rapper é preso tentando entrar nos Estados Unidos com drogas e armas

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2019 14h04
Reprodução/InstagramO rapper Kodak Black foi preso nesta quarta-feira (17)

O rapper Kodak Black, de 21 anos, foi preso nesta quarta-feira (17) na fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos. De acordo com a polícia do estado de Nova York, ele estava no Canadá e tentou voltar aos Estados Unidos em posse de maconha e armas.

Além do músico, outras três pessoas também foram detidas. Eles foram mandados para uma detenção na região de Buffalo, perto das Cataratas do Niagara. A prisão fez com que Kodak Black perdesse o show que ele faria na noite de ontem em Boston. Fãs que estavam no show afirmaram que esperaram mais de uma hora antes de serem avisados que o cantor não apareceria.

De acordo com a rede NBC News, Kodak Black e Jeantony Saintmelus foram acusados de posse de armas e drogas, enquanto Stetson J. President e Madarrow D. Smith foram acusados apenas de posse de armas. Eles serão ouvidos pela Justiça em maio. A fiança foi estabelecida em US$ 20 mil (R$ 78 mil) em dinheiro vivo ou US$ 40 mil (R$ 157 mil).

Em alta nos Estados Unidos, Kodak Black tem dois discos, “Painting Pictures” e “Dying to Live”, e é conhecido pelo hit “Zeze”, com Travis Scott e Offset.