Segurança de Justin Bieber é acusado de atacar carro que levava fãs do cantor com uma faca

  • Por Jovem Pan
  • 01/04/2017 13h49
Reprodução/ Twitter

A calmaria da passagem de Justin Bieber pelo Brasil chegou ao fim. Um dos seguranças do cantor está sendo acusado de atacar um Uber, que levava fãs do canadense, com uma faca e furar o pneu do carro.

O caso aconteceu na noite de quinta-feira (30), no Rio de Janeiro. O Uber levava 4 meninas à mansão em que Bieber estava hospedado no bairro do Joá – o local foi alugado para que o cantor conseguisse dar suas festinhas com mais tranquilidade – quando foi atacado.

Além de furar o pneu, o segurança também teria dado socos no carro, deixando parte da lataria completamente amassada. Em entrevista ao Ego, o motorista Jorge Luis Belarmino disse que ficou com medo de que algumas das passageiras ficasse ferida.

“Estava com quatro meninas, inclusive uma menor de idade, quando o carro do Justin passou da cancela. Parei para as meninas descerem e ia embora. Quando embiquei o carro, o segurança já veio dando pesada e soco em todos os carros. Virei para sair, gritei que era do Uber e aí ele veio com uma faca. Levantei o vidro rápido e falei: ‘Esse cara vai dar uma facada em alguém’. Aí ele veio com a faca e rasgou meu pneu traseiro do lado direito e deu uma pisada no para-lama dianteiro do mesmo lado, deixando um amassadão. Fiquei assustado quando ele veio com a faca, estava com gente dentro do carro! As meninas foram embora e me deram o telefone delas, se oferecendo para ir à delegacia comigo”, contou.

Alguns paparazzi que estavam no local conseguiram flagrar o segurança de Bieber no momento do ataque. Pelas fotos, é possível ver que ele realmente tinha uma faca na mão e foi pra cima do veículo com muita raiva.

Trabalhando como Uber há um mês e meio, Jorge agora se preocupa em conseguir dinheiro para devolver o carro, que é alugado, em bom estado. “Não quero fortuna, só quero que arquem com o prejuízo porque isso me paralisou, preciso trabalhar”, falou.