Spotify remove músicas de R. Kelly após acusações de assédio

  • Por Jovem Pan
  • 11/05/2018 07h53

O Spotify resolveu retirar todo o conteúdo de R. Kelly de suas playlists após o músico ser acusado de abuso sexual. O norte-americano recebeu diversas denúncias de assédio contra jovens mulheres, sendo alvo da campanha #MuteRKelly nas redes.

De acordo com a Billboard a decisão vem junto da nova política pública contra conteúdo de ódio e conduta duvidosa que a empresa implementou. Vale ressaltar que as canções do cantor de R&B ainda estarão por lá, só não serão divulgadas e promovidas.

“Estamos removendo as músicas de R. Kelly de todas as listas de reprodução e recomendações algorítmicas pertencentes e controladas pelo Spotify, como o Discover Weekly”, disse o Spotify à Billboard.

“Sua música ainda estará disponível no serviço, mas o Spotify não a promoverá ativamente. Não censuramos conteúdo por causa do comportamento de um artista ou criador… queremos nossas decisões editoriais – o que escolhemos para programar – para refletir nossos valores”, completou.