Bryan Singer é acusado de abusar sexualmente de jovem de 13 anos

  • Por Jovem Pan
  • 23/01/2019 12h52
Reprodução/TimeBryan Singer foi acusado de novos abusos sexuais

Bryan Singer, diretor de filmes da franquia “X-Men” e de “Bohemian Rhapsody“, foi acusado de abusar sexualmente de um menino de 13 anos no set de um filme. A acusação foi feita em um artigo publicado pelo site da revista americana “The Atlantic” nesta quarta-feira (23).

A reportagem traz acusações de quatro homens, que afirmam ter sido abusados por Bryan Singer na adolescência. Os casos teriam acontecido no fim dos anos 1990, quando o cineasta tinha cerca de 30 anos.

Um dos acusadores de Singer é Victor Valdovinos, que alega ter sido atacado no set de “O Aprendiz”, filme de 1998. Ele disse que o diretor pegou em seus genitais depois de o escolher como figurante para o longa. O rapaz tinha 13 anos na época.

“Ele começou a me masturbar”, afirmou Valdovinos. O rapaz ainda disse que, durante o abuso, o cineasta disse que iria cuidar dele. “Ele me disse ‘você é tão bonito, eu quero muito trabalhar com você. Eu tenho uma Ferrari, vou cuidar de você'”, contou.

O advogado de Bryan Singer afirmou que não há nenhum registro de Victor Valdovinos ter trabalhado como figurante em “O Aprendiz”. O pai do jovem, no entanto, confirmou que o filho esteve no set de filmagens. Outras fontes também afirmaram à reportagem que o cineasta de fato dirigia uma Ferrari na época em que o suposto abuso aconteceu.

Desde 2017, Bryan Singer tem enfrentado algumas acusações de perturbação sexual. Uma delas alegava que ele obrigou jovens a tirar a roupa para uma cena de “O Aprendiz” – a acusação, depois, foi retirada. Em outubro do ano passado, o cineasta usou o Instagram para responder a um artigo negativo que ele disse que a revista “Esquire” estava planejando publicar sobre ele.