Criador de ‘Confissões de Adolescente’, Domingos Oliveira morre no Rio de Janeiro

  • Por Jovem Pan
  • 23/03/2019 19h31
ReproduçãoMesmo com Mal de Parkinson, Domingos estava trabalhando em nova série
Ator e diretor, Domingos Oliveira morreu neste sábado (23), em casa, no Rio de Janeiro. Aos 82 anos, ele passou mal enquanto trabalhava e não resistiu. Oliveira ficou famoso principalmente por criar a série “Confissões de Adolescente”.

O diretor nasceu no Rio em 28 de setembro de 1936. Formou-se em Engenharia Elétrica na Escola Nacional de Engenharia (ENE), mas nunca exerceu a profissão. Antes de despontar como diretor e roteirista, com o filme “Todas as Mulheres do Mundo”, de 1966, trabalhou como assistente de direção do cineasta Joaquim Pedro de Andrade.

Oliveira dirigiu mais de 18 filmes, tendo sido roteirista da maioria deles. Nos últimos projetos, também atuou como diretor.

Com a filha caçula, a atriz e escritora Maria Mariana, criou a série Confissões de Adolescente na década de 90. Baseada nos diários da atriz, o projeto teve versões para o cinema, teatro e televisão. Quase todos carregam a marca de Oliveira, que ficou conhecido como um importante cronista do universo feminino e das relações amorosas da atualidade.

Mesmo sofrendo de Mal de Parkinson, Oliveira permaneceu trabalhando até o fim. Em entrevista à Globonews, o colunista Artur Xexéo revelou que ele trabalhava no roteiro do projeto “Confissões das Mulheres de 50”.

Ainda não há informações sobre a causa da morte do diretor. O velório será realizado no Teatro Planetário, a partir das 20h.