‘Que isso, rapaz’: Relembre momentos ícones de Márcio Canuto na TV Globo

  • Por Jovem Pan
  • 15/07/2019 13h46
ReproduçãoMárcio Canuto ganhou festa de despedida dos colegas nesta segunda-feira (15)

Aconteceu na manhã desta segunda-feira (15) a festa de despedida de Márcio Canuto na TV Globo, em São Paulo (SP). Após 21 anos como repórter na emissora, o profissional decidiu não renovar o seu contrato para se aposentar.

O alagoano alto e de voz forte tem inúmeros momentos marcantes na televisão brasileira, muitos deles que viraram memes instantaneamente. Para refrescar a sua memória e se despedir do Canuto no melhor estilo, a Jovem Pan separou os melhores abaixo!

‘Que isso, rapaz’

Quando Márcio Canuto foi surpreendido por um fã desbocado de Madonna, sua reação foi imediata: um tapão no jovem!

Rodopio e queda no estúdio

No carnaval de 2015, Canuto foi convidado para comentar o desfile das Campeãs no estúdio do G1, mas a emoção foi tanta que ele se empolgou, rodopiou e caiu. O jornalista sofreu uma fratura na clavícula, mas nada que apagasse sua alegria.

Mordido na Copa

Sempre no meio do povo, a Copa de 2014 teve um gostinho especial para Canuto. No meio da conversão com Galvão, Casagrande e Ronaldo, o repórter é mordido e cai no Vale do Anhangabaú.

‘Eu não sou cachorro não’

O clássico dos clássicos de Márcio Canuto. Cachorro? Que cachorro, o quê! Bônus: Quando o repórter reencontrou o pequeno responsável pelo momento.

Banho de piscina

Microfone, camisa pólo e bermuda. Canuto aproveitou um dia ensolarado na capital para tomar um verdadeiro banho de piscina com os entrevistados!

Despedidas

Colegas da TV Globo usaram as redes sociais para se despedir de Márcio Canuto nesta segunda-feira. Glória Vanique, que trabalhou com o repórter por 12 anos, falou sobre a falta que ele fará na redação. ” Ver, de perto, como ele cativa, trabalha, agrega e, de repente, entra ao vivo com tudo certo! Quem não ama Márcio Canuto? Admiro, respeito e, acima de tudo, agradeço por esta oportunidade que a vida me deu!”, escreveu.

O repórter Victor Bonini também escreveu ao colega. “Pra mim, um gigante (quase literalmente) do jornalismo brasileiro. Capaz de tudo (você aí não tem ideia da energia, sério!) E de uma gentileza, uma integridade e uma simpatia invejáveis!”.