Família de Michael Jackson lança documentário rebatendo acusações de pedofilia

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2019 15h01
Reprodução/YouTubeNovo filme é resposta a "Leaving Neverland", lançado em março pela HBO

Leaving Neverland“, documentário da HBO que traz acusações de pedofilia contra Michael Jackson, continua no radar da família do falecido cantor.

Após tentar sem sucesso barrar a exibição do filme, agora a família Jackson lançou a sua própria versão defendendo o Rei do Pop.

“Neverland Firsthand: Investigating the Michael Jackson Documentary” (“Neverland em primeira mão: investigando o documentário de Michael Jackson”, em tradução livre), lançado no YouTube, traz depoimentos de sobrinhos de Michael Jackson, que conviveram com o astro no rancho, além de membros de sua equipe.

“Nem em um milhão de anos eu vi uma criança perto de Michael Jackson que parecia ter sido assediada, magoada ou abusada”, afirmou o diretor técnico Brad Sundberg em entrevista divulgada pelo “Yahoo!”.

Brandi Jackson, sobrinha de Michael, conta que namorou um dos acusadores de seu tio por sete anos e, por isso, não acredita na versão dada por Wade Robson.

“Ele sabe como se posicionar em situações diferentes que irão beneficiá-lo financeiramente”, declarou Brandi. “Ele alega que esteve em um relacionamento com meu tio, que eles estavam apaixonados, que Michael o manteve longe das mulheres, o que não é verdade. Nós sempre falamos justamente sobre como meu tio nos uniu”, completou.

Taj Jackson, também sobrinho do cantor e responsável pela arrecadação de fundos online para o documentário, afirma que Michael Jackson foi vítima de sua bondade. “Quando você tem uma certa gentileza, as pessoas se aproveitam disso”, disse.