Meryl Streep e Jennifer Lawrence são citadas em defesa de Weinstein

  • Por Jovem Pan
  • 22/02/2018 12h03
EFE/ FacebookAtrizes se revoltaram com atitude do produtor

Harvey Weinstein deu início a seu processo de defesa legal na quarta-feira (21) ao preencher os primeiros documentos e revoltou Meryl Streep e Jennifer Lawrence ao usar o depoimento das atrizes como justificativa para seu comportamento.

Logo que o escândalo explodiu, Streep e Lawrence declararam que nunca sofreram nenhum tipo de assédio ou aproximação inconveniente do produtor e isso foi usado no documento de defesa de Harvey como se elas o estivessem apoiando.

“O uso da minha declaração – que ele não foi sexualmente transgressivo ou fisicamente abusivo na nossa parceria profissional – como evidência de que ele não abusivo com muitas outras mulheres é patética e exploradora”, disse em comunicado segundo o EW. “As ações criminais que ele recebeu são responsabilidade dele e se ainda há justiça neste sistema ele irá pagar por elas”, continuou.

Jennifer Lawrence também condenou a atitude de Harvey ao saber do fato. “Harvey e companhia continuam fazendo o que sempre fizeram que é tirar as coisas de contexto e usá-las para seu benefício próprio. Isso é o que predadores fazem”, disse ao TMZ.

“Para constar, enquanto eu não fui vítima dele, estou do lado de todas as mulheres que sofreram esse terrível abuso e eu aplaudo elas por usarem todos os meios necessários para fazer justiça”, completou.