Shun vira mulher em série da Netflix ‘Os Cavaleiros do Zodíaco’; fãs criticam

  • Por Jovem Pan
  • 09/12/2018 16h52
Reprodução/YouTubeFãs criticaram a escolha de Shun para virar mulher

Após a Netflix divulgar o primeiro trailer oficial da série “Os Cavaleiros do Zodíaco”, o nome do guerreiro Shun chegou no topo dos assuntos mais comentados do Brasil. Tudo porque o teaser revelou que Shun agora será mulher.

Para Eugene Son, roteirista e produtor da série, a mudança de gênero do cavaleiro aconteceu para aumentar a representatividade feminina da história, desenvolvida há 30 anos. “A série sempre teve personagens femininos dinâmicos e fantásticos (…), mas trinta anos atrás, um grupo de garotos lutando para salvar o mundo sem garotas não era grande coisa. Esse era o padrão de antes”, escreveu em seu Twitter.

Segundo o produtor, hoje o mundo mudou e “garotos e garotas trabalhando lado a lado é o padrão”. “Quanto mais desenvolvemos, mais vemos o potencial. Um grande personagem com uma ótima aparência”, explicou.

Os fãs, por sua vez, usaram as redes sociais para criticar a escolha. Desapontados, não pela inclusão de uma cavaleira feminina, e, sim, pelo produtor ter escolhido para a troca o único guerreiro que quebrava o padrão da masculinidade.

“Shun de Andrômeda sempre nos ensinou que ser gentil não significa ser fraco, que se importar com os outros não te faz um babaca, e mostrar seus sentimentos não te faz menos homem”, escreveu uma internauta.

“Pegaram o único personagem com uma essência diferente dos outros (Shun) e vão transformá-lo em mulher… pra mim isso só reforça que mulher tem de ser sensíveis e amáveis e se um homem for assim é melhor que seja mulher”, manifestou outro.

A Netflix ainda não divulgou a data de estreia da série, sabe-se apenas que será lançada no terceiro trimestre de 2019.