‘Vídeo Show’ chega ao fim, faz retrospectiva e ‘esquece’ apresentadora

  • Por Jovem Pan
  • 11/01/2019 16h05
João Miguel Junior/GloboMaíra Charken, que já se envolveu em polêmicas com a atração no passado, não apareceu em homenagem

Após 35 anos no ar, a última edição do “Vídeo Show” foi exibida nesta sexta-feira (11). Como homenagem, o site oficial do programa da Globo relembrou os grandes nomes que passaram por lá. Acontece que uma apresentadora acabou ficando de fora: Maíra Charken.

A atriz assumiu o comando da atração em 2016, logo após a saída de Monica Iozzi, e continuou até meados de 2017. Isso, no entanto, não fui suficiente para que entrasse na lista de homenageados.

Entre os nomes da retrospectiva estão representantes da geração mais antiga, como Tássia Camargo, Marcelo Tas, Renata Ceribelli e Cissa Guimarães, ao lado de membros da nova geração, como a própria Iozzi, Otaviano Costa e os últimos apresentadores, Sophia Abrahão e Joaquim Lopes. Até as ex-BBBs Ana Clara, Fernanda Keulla e Vivian Amorim, que entraram no ano passado e foram bastante criticadas pelo público e pela crítica, foram homenageadas.

Quando o fim do programa foi anunciado, nesta terça (8), Charken postou um “textão” no Instagram agradecendo pela oportunidade de ter participado. “Aproveitei cada segundo que eu estive naquela bancada, ou segurando aquele microfone colorido”, escreveu.

View this post on Instagram

Com a alma de criança, aceitei esse desafio de coração e peito abertos, experimentando tudo como se fosse a primeira vez. E era a primeira vez! Eu pensava “finalmente encontrei o meu lugar!”, finalmente eu tava fazendo o que eu sempre achei que faria, desde que eu tinha 3 anos de idade. Eu era uma criança diferente, com sonhos e anseios diferentes de qualquer outra criança que eu conhecia e convivia. Eu era artista, sempre fui! E eu já sabia disso e já tinha escolhido esse caminho pra minha vida quando muitas crianças ainda não sabem nem escrever o próprio nome. E assim fui crescendo e fui aprendendo a amar a televisão. Na minha adolescência eu amava tudo o que existia dentro daquela caixa quadrada! Todas as possibilidades que aquele lugar poderia proporcionar, eu amava mais do que a vida! E o VÍDEO SHOW era o amor maior, porque ele falava exatamente daquilo que eu mais amava. Um programa falando da minha amada televisão, falando das minhas novelas e falando de pessoas como eu, de artistas! Como eu queria estar ali!!! Até cartas eu mandava pro @miguelfalabellareal pedindo pra me chamar! Sempre foi um sonho! E eu realizei!!! E aproveitei cada segundo que eu estive naquela bancada, ou segurando aquele microfone colorido. Só tenho a agradecer @zeboninho por ter acreditado em mim e ter me escolhido no meio de uma multidão de talentos, toda equipe maravilhosa (tantas arrobas amadas que vou tentar marcar todos na postagem) que sempre deu a alma pelo programa. Muito obrigada VÍDEO SHOW, por esses 35 anos de amor à tevê! 🙏🏼👏🏽❤️#videoshow #videoshowaovivo #tbt #Gratitude #VidaDeArtista

A post shared by Maíra Charken (@mairacharken) on

No passado, no entanto, a ex-apresentadora já havia feito críticas à forma como foi tratada depois de deixar a emissora. Em entrevista ao canal do YouTube de Antonia Fontenelle, afirmou que foi apagada da história do programa e reclamou por não ter sido incluída na festa de 35 anos.