Voz de Freddie Mercury foi usada na cinebiografia “Bohemian Rhapsody”

  • Por Jovem Pan
  • 12/07/2018 14h37
ReproduçãoQueen se apresenta no Live Aid de 1985 em cena de "Bohemian Rhapsody"

Bohemian Rhapsody”, cinebiografia do Queen que estreia em novembro deste ano, encontrou um jeito de reviver Freddie Mercury. O diretor do longa, Graham King, contou que a voz do músico teve que ser usada nas cenas em que a banda aparece cantando seus maiores clássicos.

A decisão foi tomada depois que Rami Malek, intérprete de Mercury, não conseguiu reproduzir a voz do vocalista do Queen. A solução foi usar gravações de fitas master do grupo com vocais adicionados pelo cantor canadense Marc Martel.

“Literalmente, você pode fechar os olhos e ouvir Freddie. E isso é uma coisa muito difícil de se fazer”, falou King à Rolling Stone.

“Bohemian Rhapsody” teve detalhes revelados no CinemaCon e foi muito bem recebido – o próprio Brian May chorou ao ver o filme. A cinebiografia estreia dia 2 de novembro nos cinemas.