‘X-Men: Fênix Negra’: Diretor assume culpa pelo fracasso do filme

  • Por Jovem Pan
  • 15/06/2019 14h06
Reprodução"X-Men: Fênix Negra" teve resultado decepcionante nas bilheterias

O diretor de “X-Men: Fênix Negra“, Simon Kinberg, assumiu a culpa pelo fracasso de público e crítica do filme, o mais recente da série. Em entrevista ao podcast The Business, ele afirmou que o diretor é o responsável por um filme que não vai bem.

“Quando o filme não funciona, a culpa é minha. Sou o diretor e o escritor, o filme não se conectou com a audiência, a culpa é minha”, disse Kinberg. Nos Estados Unidos, “Fênix Negra” faturou apenas US$ 33 milhões (cerca de R$ 128 milhões) no fim de semana de estreia, a pior arrecadação da história da franquia.

Apesar dos problemas, o cineasta gostou do resultado de sua obra. “Eu realmente gostei do filme e me diverti muito trabalhando nele”, assumiu.

“Fênix Negra” teve uma série de problemas de produção, com direito a mudança da data de lançamento. No meio de tudo isso, a Fox, que produziu o filme, foi comprada pela Disney.

Simon Kinberg, no entanto, não acredita que as mudanças tenham sido o principal problema do longa. “Acho que isso que deixa as pessoas bravas e pensando sobre o fracasso de um filme por anos. Se a lição que você tirou disso tudo é que o filme foi lançado na data errada ou não teve uma boa campanha de marketing, não é a lição correta”, afirmou.

Até agora, “X-Men: Fênix Negra” faturou US$ 148 milhões (R$ 575 milhões) no mundo todo. O filme, que é estrelado por Sophie Turner, James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence e Nicholas Hoult, custou US$ 200 milhões (R$ 777 milhões).