Por que um beijo gay ainda é motivo de polêmica nos games?

  • Por Adriano Sarafim
  • 13/06/2018 11h42
ReproduçãoO beijo de Ellie e Dina em The Lats Of Us Part II foi criticado por gamers

The Last Of Us Part II é um dos jogos mais esperados dos últimos anos. Com uma história espetacular apresentada em seu primeiro capítulo, descobrimos um pouco da história de Joel e Ellie na luta pela sobrevivência num mundo pós-apocalíptico, em que a sociedade já não existe mais.

Na DLC do primeiro TLOU, “Left Behind”, descobrimos que a jovem Ellie se descobre gay, se envolvendo amorosamente com Riley. Na trama, a protagonista vê seu amor morrer e ao mesmo tempo descobrir que é imune ao vírus que assolou o mundo. Mesmo com isso, muitos fãs ainda demonstraram muito preconceito com o fato de Ellie beijar uma mulher no gameplay de The Last Of Us Part II.

Divulgado durante a conferência do PlayStation na E3 2018, o vídeo mostra a agora madura sobrevivente dançando com uma garota chamada Dina e beijando-a. Nas redes sociais e até nos chats que transmitiam o evento na internet, muita gente pareceu incomodada com a cena, mostrando que o preconceito está muito vivo na sociedade e até entre os gamers.

O fato mais importante ali era o gameplay que teve início a seguir. Essa foi a primeira amostra do que os jogadores irão experimentar quando o título finalmente for lançado para PlayStation 4 e muita gente ficou mais preocupada com um novo romance gay de Ellie, como se o amor entre duas pessoas fosse algo para ser debatido.

Todo fã de The Last Of Us sabe que ele é homossexual. Um beijo entre duas garotas é tão normal quanto o beijo entre dois homens, ou entre um homem e outra mulher. Esse assunto não deveria ser destaque em lugar nenhum, pois é algo que deve ser tratado como apenas um beijo entre pessoas que se gostam.

Essa não é a única polêmica no mundo dos games nos últimos dias. Após o anúncio de Battlefield V, fãs criticaram a escolha de uma mulher para protagonizar a história da Segunda Guerra Mundial.

Também não é difícil achar mulheres que sofrem preconceito diariamente nos vídeo games, recebendo xingamentos e humilhações pelo simples fato de serem do sexo feminino.