“Abençoado” com golaço, Ricardo Oliveira revela ter jogado final no sacrifício

  • Por Jovem Pan
  • 08/05/2016 18h31
SP - PAULISTÃO/SANTOS X AUDAX - ESPORTES - Ricardo Oliveira (9), do Santos, marca gol em partida contra o Audax, válida pela final do Campeonato Paulista 2016, no Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos, neste domingo (18). 08/05/2016 - Foto: WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDORicardo Oliveira

Autor do espetacular gol do título paulista do Santos neste domingo, na Vila Belmiro, Ricardo Oliveira não jogou com 100% de suas condições físicas contra o Audax. Depois da partida final do Estadual, o camisa 9 revelou que entrou em campo “baleado”. 

Oliveira contou que não fez nenhum treino durante a semana que antecedeu a decisão do Estadual. O motivo? Dores no joelho, que, inclusive, acompanharam o jogador durante os 90 minutos da grande final do Paulista – até mesmo na incrível arrancada que ele deu para anotar o único gol da partida. 

“Os méritos são de todos. Eu não fiz um treino com o time e vim para o jogo. Só de estar em campo hoje já foi uma vitória para mim“, afirmou o atacante, claramente emocionado. “Fui abençoado por fazer o gol do título“, acrescentou. 

A “garra” de Ricardo Oliveira foi elogiada por David Braz, que confirmou que, mesmo aos 36 anos, o camisa 9 entrou em campo no sacrifício para ser campeão e herói do Santos. Foi de Ricardo Oliveira, afinal, o gol que deu o bicampeonato paulista ao time alvinegro – que foi dominado pelo Audax dentro de casa e jogou apenas nos contra-ataques. 

O cara não treinou a semana inteiracom dores no joelho. Ele se dedicou o jogo inteiro, por isso que é referência. Mesmo no sacrifício, ajudou a gente”, elogiou o defensor, novamente campeão paulista com o Santos.  

Desta vez, graças a um golaço do talentoso, e também raçudo, Ricardo Oliveira.