Campanha da França teve “jogo de compadres”, lances polêmicos e grandes vitórias; relembre

  • Por Jovem Pan
  • 15/07/2018 16h03
França/ DivulgaçãoFranceses comemoraram com troféu sob chuva

A França foi campeã da Copa do Mundo neste domingo (15) e pode se orgulhar de uma ótima campanha. Foram 6 vitórias, 1 empate, 14 gols marcados, 6 sofridos e boas atuações em diversos momentos. Mas o time também teve momentos complicados e até polêmicos, como o “jogo de compadres” com a Dinamarca e as arbitragens polêmicas.

Relembre todas partidas da campanha do título.

França 2 x 1 Austrália

A estreia da França já teve polêmica com a arbitragem. O primeiro gol francês só saiu porque o juiz viu o lance no sistema de vídeo arbitragem (VAR) e marcou corretamente um pênalti, convertido em gol por Griezmann. E o segundo gol francês também teve ajuda da tecnologia, pois o chip comprovou que a bola tinha entrado por pouco, após finalização de Pogba e desvio de Behich. Apesar da vitória, os franceses não empolgaram.

França 1 x 0 Peru

Foi o primeiro momento de brilho de Kylian Mbappé, que fez o gol decisivo, classificando a França e eliminando o Peru. Mas outra vez a atuação francesa não foi convincente. A consistência defensiva foi importante, mas o setor ofensivo mereceu críticas.

Dinamarca 0 x 0 França

Na última partida da fase de grupos, a França foi para o jogo com 7 pontos. A Dinamarca tinha 4. A Austrália tinha 1. Portanto, se Dinamarca e França empatassem, eles conseguiriam os objetivos que buscavam – os franceses seriam líderes do grupo, enquanto os dinamarqueses garantiriam a vaga. E foi isso que aconteceu: os times fizeram um “jogo de compadres”, se arriscaram muito pouco e decretaram o primeiro 0 a 0 da Copa, que foi bom para os 2 lados.

França 4 x 3 Argentina

Foi o primeiro grande desafio da França e acabou sendo o melhor jogo da Copa de 2018. A França saiu na frente, tomou a virada, mas conseguiu reagir e garantir a vitória nas oitavas de final. O principal destaque da partida foi Mbappé, que fez 2 gols e protagonizou belas jogadas.

Uruguai 0 x 2 França

Mais uma vez a França enfrentou uma seleção campeã do mundo e teve um duro desafio. A boa defesa uruguaia só foi superada com um gol de cabeça de Varane e um frango de Muslera, após chute de Griezmann. A ausência de Cavani facilitou a missão dos franceses.

França 1 x 0 Bélgica

Depois de eliminar o Brasil, a seleção da Bélgica chegou com moral na semifinal e fez um confronto muito equilibrado contra a França. Era um grande desafio para o time de Didier Deschamps, mas Umtiti marcou um gol cedo e isso bastou, pois os franceses recuaram, marcaram bem e garantiram a vaga na final.

França 4 x 2 Croácia

A grande final foi agitada, emocionante e polêmica. Os 2 primeiros gols da França saíram após lances questionáveis, uma falta mal marcada em Griezmann e depois um pênalti questionável de Perisic. Mas no 2º tempo os franceses foram mais brilhantes e decretaram a vitória graças aos talentos de Paul Pogba e Kylian Mbappé, que marcaram um gol cada.