Canadá, Estados Unidos e México vão sediar a Copa do Mundo de 2026

  • Por Jovem Pan
  • 13/06/2018 08h06
EFECopa do Mundo terá sede tripla pela primeira vez na história

A Fifa determinou, nesta quarta-feira (13), que 3 países receberão Copa do Mundo de 2026: Canadá, Estados Unidos e México apresentaram uma candidatura em conjunto e conseguiram convencer a entidade máxima do futebol.

A candidatura tripla só tinha uma sede como concorrente: Marrocos também queria receber o torneio, mas não conseguiu votos suficientes no Congresso da Fifa, realizado em Moscou. A eleição foi aberta e mostrou as escolhas de todas associações nacionais de futebol.

Depois da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o torneio será realizado no Catar, em 2022. Na edição seguinte, portanto, acontecerá a primeira Copa em 3 países. Antes, apenas um mundial tinha sido realizado em sede conjunta, em 2002, na Coreia do Sul e no Japão – vencida pela Seleção Brasileira.

A Copa de 2026 terá uma mudança muito importante no regulamento: em vez de 32 seleções, serão 48 equipes classificadas, que ficarão dividas em 16 grupos de 3. Isso acabou fortalecendo a candidatura tripla, já que será necessária uma estrutura maior.

A candidatura prevê que 23 cidades receberão partidas, sendo que a maioria será nos Estados Unidos, onde foi realizada a Copa de 1994 – também vencida pelo Brasil.


Carlos Cordeiro, presidente da federação americana de futebol, prometeu que a Copa de 2026 terá uma arrecadação recorde, de US$ 15 bilhões, com lucro de US$ 11 bilhões. Provavelmente será um valor recorde – a edição de 2014, por exemplo, teve faturamento de US$ 4,8 bilhões.

Futuramente a Fifa vai se dedicar a decidir a sede da Copa do Mundo de 2030. Uma nova candidatura conjunta é considerada favorita, com Argentina, Paraguai e Uruguai unidos. Mas especula-se que Inglaterra, China e novamente Marrocos podem entrar na disputa.


Acompanhe a cobertura completa da Copa 2018 na Jovem Pan