Presidente da Federação Argentina critica “traição” de Coronel Nunes, da CBF

  • Por Jovem Pan
  • 14/06/2018 10h48
Rafael Ribeiro/CBFCoronel Nunes votou em Marrocos para ser sede da Copa 2026

Atual presidente da Federação Argentina de Futebol, Chiqui Tapia criticou duramente o presidente da CBF em exercício, Coronel Nunes. Ele considerou que o voto da confederação brasileira na eleição para sede da Copa do Mundo de 2026 foi uma traição.

Os países da Conmebol tinham fechado acordo para votar na candidatura tripla de Canadá, Estados Unidos e México como sede do Mundial de 2026. Porém Coronel Nunes resolveu, por conta própria, votar em Marrocos. Alegou que, como Estados Unidos e México já receberam Copas anteriores, era importante dar chance para outro país.

O jornal Olé publicou a crítica forte de Tapia: “não me pareceu correto o que fez o Brasil. Tinhamos fechado que votaríamos nos Estados Unidos, mas ele não cumpriu sua palavra. A simpatia às vezes leva à traição”.

Coronel Nunes é presidente da CBF atualmente porque Marco Polo Del Nero está respondendo a uma acusação de corrupção. Ele seguirá no cargo até abril de 2019, quando Rogério Caboclo, já eleito, assumirá o cargo.