Tite admite erro na Copa do Mundo e revela pesadelos: ‘às vezes acordo cabeceando a bola’

  • Por Jovem Pan
  • 17/08/2018 12h11
Pedro Martins / MoWA PressTite disse que ainda está triste e só vai melhorar quando o Brasil voltar a jogar

Desde que acabou a Copa do Mundo de 2018, o técnico Tite ainda não tinha dado qualquer entrevista. Nesta sexta-feira (17), depois de fazer a convocação da Seleção Brasileira, ele falou bastante com jornalistas. E além de falar do futuro do time, ele também comentou um pouco sobre o passado.

Questionado sobre os erros que cometeu na Rússia, Tite admitiu que precisava ter feito mais mudanças: “os erros que cometi servem de aprendizado. Eu sou um profissional incompleto. A Copa do Mundo te dá a necessidade de modificações mais rápidas”.

Depois Tite disse que ainda sente tristeza pela eliminação na Copa do Mundo: “eu continuo sentindo. Talvez só melhore quando a equipe entrar em campo novamente. Não fui para minha família, não fui para casa. Disse que a minha prioridade era Seleção, que não falaria com outro clube. A minha dúvida de continuar era minha família, porque ela ficaria muito exposta”, afirmou ele, que renovou contrata com a Seleção Brasileira no final do mês passado.

Por fim, Tite disse que até teve pesadelos com a derrota do Brasil para a Bélgica: “as equipes que demonstraram o melhor desempenho foram França, Brasil, Bélgica e Croácia. Fiquei duas semanas sem dormir de novo. Às vezes acordo cabeceando a bola do Gabriel Jesus, tirando a mão de Courtois”.