Cristiano Ronaldo lamenta derrota e dispara contra árbitro de clássico

  • Por Agência EFE
  • 23/03/2014 20h43

O português Cristiano Ronaldo não aprovou a atuação do árbitro no clássico

Cristiano Ronaldo toma amarelo em clássico contra o Barcelona

O atacante português Cristiano Ronaldo admitiu a decepção com a derrota do Real Madrid para o Barcelona neste domingo por 4 a 3, e disparou contra o árbitro Alberto Undiano Mallenco, dizendo que desde o início do clássico o árbitro estava “pálido” e “nervoso”.

“Estamos tristes porque sabemos que merecíamos mais, mas a luta continua. Temos nove jogos a mais, estamos empatados com o Atlético de Madrid, seguimos na frente, a um (pouco) do Barcelona, e estamos bem”, afirmou o camisa 7.

Protagonista de um pênalti irregular, em que sofreu falta fora da área, CR7 lamentou que o houve “muitos erros para um jogo só”, dizendo apenas que o seu lance, “pode” ter sido marcado errado. O craque aproveitou para analisar psicologicamente Undiano Mallenco.

“Em um jogo entre Real Madrid e Barcelona é preciso ter um árbitro deste nível. O árbitro estava pálido, não entendo isso. Uma pessoa está assim porque estava muito nervoso. E assim não se pode tomar decisões corretamente”, disse o craque.

Perguntado por um jornalista se acha que o Real Madrid é perseguido, Cristiano Ronaldo foi direto, usando discurso de “contra tudo e contra todos”.

“É o maior clube do mundo e isso provoca muita inveja. É normal. Entendo que o tratamento não é igual. Podem dizer que sim, mas não é. As pessoas queriam que a luta pelo título seguisse aberta, e está. Isso faz pensar”, concluiu.