Eric Granado comemora volta da MotoGP à América do Sul

  • Por Agencia EFE
  • 22/04/2014 20h45

Buenos Aires, 22 abr (EFE).- O brasileiro Eric Granado, piloto da Moto3, se mostrou nesta terça-feira empolgado com a disputa do Grande Prêmio da Argentina, neste final de semana no circuito de Termas de Río Hondo, e com o fato de competir na América do Sul, que não recebia uma prova da competição desde 2004.

“Chego com muita animação, pois o Mundial volta à América do Sul depois de muitos anos e terá muitas pessoas vindas do Brasil que me darão apoio durante o final de semana. Estou me preparando bastante para dar aos meus fãs um bom resultado”, destacou o piloto da LaGlisse.

O local foi reformado para poder fazer parte do calendário da MotoGP, o que aumenta as expectativas do brasileiro quanto ao seu desempenho na pista.

“Chegamos a um circuito novo para todos, e eu gosto disso, pois quem se habituar mais rápido vai estar na frente”, disse Granado.

O espanhol Jorge Lorenzo, bicampeão de Moto GP, destacou a importância mercadológica de o campeonato voltar à América do Sul, pela quantidade de pessoas que acompanham a modalidade.

“É muito bom e interessante que a MotoGP conte novamente com um circuito na América do Sul, especialmente na Argentina, onde há muitos fãs de motociclismo”, comentou o piloto da Yamaha.

Nesta terça-feira, houve uma apresentação do GP da Argentina no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires. Além desses dois pilotos, participaram o espanhol Álvaro Bautista, o colombiano Yonny Hernández, o argentino Sebastián Porto, o australiano Jack Miller e os alemães Sandro Cortese e Jonas Folger. Eles passearam pelo museu do River Plate e trocaram alguns passes no gramado do estádio.

Durante o encontro, o ministro de Turismo da Argentina, Enrique Meyer, garantiu que o circuito de Río Hondo, que fica a 1000 quilômetros da capital, é o mais rápido do mundo, já que em sua reta principal se alcança uma velocidade de 320 Km/h. Os comentários sobre o circuito geraram a curiosidade dos pilotos.

“Falou-se muito bem do circuito, e todos os pilotos estão com muita vontade de descobrir como ele é”, revelou Lorenzo. EFE

gt/abs/dr