Ex-Corinthians dá chapéu em Messi e brinca: “no próximo ele vai descontar”

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2017 15h21
Petros

Estádio Benito Villamarín, em Sevilla, primeiro minuto da etapa final da partida entre Betis e Barcelona, válida pela 20ª rodada do Campeonato Espanhol. O volante Petros, do Verdiblancos, recebe a bola no meio de campo e ao dominá-la dá um chapéu no adversário.  A vítima do ex-jogador do Corinthians é simplesmente Lionel Messi, o argentino eleito cinco vezes o melhor do mundo.

Acostumado a driblar e deixar os rivais no chão, Messi acabou provando do próprio veneno neste domingo. O lance que levantou a torcida estádio Benito Villamarín logo ganhou repercussão nas redes sociais, em especial com os torcedores corintianos, que se despediram do volante em junho de 2015, quando ele foi negociado com o time espanhol.

Em entrevista exclusiva à Jovem Pan, no Plantão de Domingo, Petros disse que o chapéu em Messi aconteceu por acaso. “Era a única alternativa que tinha para ficar com a bola, mas foi um lance bonito, em cima de um dos melhores jogadores do mundo. Certamente no próximo jogo ele vai descontar”, brincou o volante que ajudou sua equipe a segurar o empate com o Barcelona em 1 a 1.

Em sua segunda temporada com a camisa do Betis, Petros aproveitou para fazer um balanço de sua trajetória no futebol espanhol. “Graças a Deus comecei bem essa temporada, mantendo bons números, principalmente na recuperação de bolas. E para mim isso é muito importante. Estou muito feliz aqui, pois vivo em uma cidade boa, de pessoas simpáticas, que lembram bastante os brasileiros”, disse.

Confira o lance de Petros: