Após fusão com Red Bull, Bragantino estreia em casa com recorde e público 4 vezes maior

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2019 10h00
Bragantino/ DivulgaçãoMais de 8 mil pessoas foram ver o Red Bull Bragantino em campo

Pelo menos aparentemente, a torcida do Bragantino aprovou a fusão com o Red Bull Brasil. O público compareceu em peso para o 1º jogo do time em casa na Série B do Brasileirão, na noite desta segunda-feira (6). O resultado não foi tão bom: empate por 1 a 1 com o Sport. Mas a presença do público impressionou, pois foi recorde da temporada e quase 4 vezes maior que a média.

Antes da parceria, o Bragantino disputou 7 jogos em casa, pelo Campeonato Paulista. A média de público foi de 2.234 torcedores pagantes. Em 4 partidas o Estádio Nabi Abi Chedid não recebeu sequer 1.000 pessoas. O pior público foi de 440 torcedores na partida contra o Grêmio Novorizontino, em fevereiro.

O recorde no Campeonato Paulista foi no jogo contra o Santos, quando 5.862 pessoas foram ao estádio do Bragantino. Essa marca foi quebrada nesta segunda-feira, quando o Red Bull Bragantino (este nome só será adotado oficialmente a partir de 2020) entrou em campo pela primeira vez em casa. Ao todo 8.200 pessoas pagaram para entrar no estádio, que tem capacidade para receber 17 mil torcedores.

O clube só não conseguiu gerar uma renda recorde. Na partida contra o Santos foram arrecadados R$ 218.970,00. Já no jogo contra o Sport a renda foi de R$ 76.300, pois o preço dos ingressos foi mais barato. Isso também ajuda a explicar o sucesso de público.

O Red Bull Bragantino tinha vencido o primeiro jogo na Série B, contra o Brasil de Pelotas, então agora está com 4 pontos, na 8ª posição. Já o Sport conseguiu o 2º empate consecutivo e, com 2 pontos, ocupa o 12º lugar.

A próxima partida do Red Bull Bragantino também será em casa, na sexta-feira (10), às 19h15 (de Brasília), contra o Atlético-GO, que também soma 4 pontos na competição. Já o Sport enfrentará o Figueirense em casa, no sábado (11), às 16h30.