Conmebol cria polêmica com CBF ao proibir times de Séries B, C e D na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 21/05/2019 13h07
CBF/ DivulgaçãoCopa do Brasil pode dar vaga na Libertadores para times de todas divisões nacionais

A Conmebol emitiu um comunicado polêmico nesta terça-feira (21), que já causou reação da CBF. A entidade sul-americana quer proibir que times das Séries B, C e D possam disputar a Copa Libertadores a partir de 2020.

O comunicado aponta 5 condições que os clubes devem seguir, sendo uma delas: “estar disputando o torneio nacional de sua Associação Membro na divisão principal da competição em 2020 (ou seja, não haver descendido de divisão no torneio nacional)”.

O maior problema é que a Copa do Brasil dá vaga para Libertadores e é disputada por times de todas divisões nacionais – atualmente 3 equipes da Série C estão na briga (Sampaio Corrêa, Juventude e Paysandu). Por isso a CBF entende quer defender que a Copa do Brasil é um torneio nacional e é de “divisão principal”, por não ter rebaixamento.

Outra preocupação é com os times da Série A que podem ser rebaixados em 2019. Se um deles cair para Série B, mas vencer a Copa do Brasil, não poderá disputar a Libertadores? A CBF acredita vai defender o direito de qualquer clube que possa passar por isso.

Além disso, a CBF pode argumentar que a mudança da Conmebol não tem como ser colocada em prática agora, porque mudaria o regulamento de uma competição que já está em andamento – a Copa do Brasil já chegou nas oitavas de final.