Árbitro da final Cruzeiro x Corinthians se envolve em polêmica na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 03/10/2018 10h10
Cesar Greco/Ag. Palmeiras/DivulgaçãoDaronco teve apoio do VAR, comandado pelo também brasileiro Wilton Sampaio

Na manhã de terça-feira (2), Anderson Daronco foi confirmado como juiz da final da Copa do Brasil, entre Cruzeiro e Corinthians. Na noite do mesmo dia, ele se envolveu em uma polêmica na Copa Libertadores, no confronto decisivo entre River Plate e Independiente.

Os jogadores e a torcida do Independiente reclamam de um pênalti não marcado por Daronco. No lance, Pinola deu um chutão na bola, mas o pé acabou acertando Martín Benítez, dentro da área.

Houve muita reclamação, então Daronco parece ter se comunicado com o sistema de vídeo arbitragem (VAR), monitorado pelo também brasileiro Wilson Sampaio. Ambos não viram pênalti no lance.

Naquele momento a partida estava 0 a 0. Um pênalti e até uma possível expulsão de Pinola poderia mudar completamente o andamento da partida. O resultado final foi 3 a 1 para o River, que está classificado e vai enfrentar o Grêmio na semifinal da Libertadores, no final do mês.

Já o jogo de ida entre Cruzeiro e Corinthians, apitado por Daronco, acontecerá na próxima semana, no dia 10, às 21h45 (de Brasília), no Mineirão.