Jogadores do Corinthians rebatem presidente do Santos, que pede desculpas

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2019 16h00
Divulgação SCCPRalf e Junior Urso criticaram a atitude do presidente santista, José Carlos Peres, e pediram respeito

Como não poderia ser diferente, a provocação feita pelo presidente do Santos, José Carlos Peres, não agradou os jogadores do Corinthians. Na noite da última quinta-feira (28), um vídeo publicado nas redes sociais mostrava o mandatário santista falando “vamos matar os gambás” na partida de volta entre as equipes pelas semifinais do Campeonato Paulista.

“Pegou a gente de surpresa, ainda mais véspera de um clássico. Mas isso aí é coisa que acontece internamente, tem de dar a resposta dentro de campo. Somos adversários, não somos inimigos. Claro que sobrecarrega num clássico desse, numa semifinal, mas temos que focar em jogar. Fora de campo não adianta nada, vai ficar falando aqui até amanhã e não vai ter argumento”, comentou o volante Ralf em entrevista coletiva nesta sexta-feira (29).

O companheiro Junior Urso, que também conversou com os jornalistas no CT Joaquim Grava, pediu mais respeito. “Antigamente era normal a gente ver, seja presidente ou jogador, durante a semana. Futebol mudou, tem que ter respeito, é uma opinião dele estar se expressando dessa forma”, observou o volante, apontando até uma possível estratégia do rival ao falar dessa forma sobre o Corinthians.

O outro lado

José Carlos Peres fez a provocação em um vídeo gravado por torcedores santistas. A intenção era promover o duelo de volta das semifinais da competição estadual, marcado para acontecer no dia 8 de abril no estádio do Pacaembu.

“Agora é bola para frente. Vamos ser campeões. Segunda-feira todo mundo aqui no Pacaembu. Vamos lotar, vamos esgotar esses ingressos e vamos fazer um grande jogo já no primeiro jogo. E no segundo a gente mata os gambás de vez”, disse o mandatário alvinegro.

Ainda na noite de quinta, o Santos divulgou uma nota em que Peres pedia desculpas. “Dada a repercussão de uma conversa bastante informal com alguns torcedores santistas na noite desta quinta-feira (28), o Presidente José Carlos Peres vem a público esclarecer que preza pelo respeito a todos os adversários, e que a declaração gravada trata-se de um trecho que acabou descontextualizado”, informou.

“Não trata-se de montagem ou coisa do tipo, esta é uma fala que foi tirada do contexto, onde eu respondia a uma provocação direcionada aos nossos torcedores. Ainda assim não justifica a brincadeira de péssimo gosto. Peço desculpas caso alguém tenha se sentido ofendido e desejo que tenhamos dois grandes clássicos na próxima semana, com bom futebol e respeito acima de tudo”, completou.

Com informações de Agência Estado