Equatoriana quer ser reconhecida como atleta mais nova a jogar em 1ª divisão, aos 12 anos e 26 dias

  • Por Jovem Pan
  • 21/05/2019 16h51
DivulgaçãoEquatoriana quer ser reconhecida como mais nova a jogar em 1ª divisão, aos 12 anos

Uma jogadora de futebol pode ter feito história ao entrar em campo aos 12 anos e 26 dias, durante jogo do Campeonato Equatoriano. O feito pode torná-la a mais jovem a disputar uma partida de futebol de primeira divisão no mundo.

Evelyn Burgos, jogadora do Deportivo Santo Domingo, realizou o feito na última quarta-feira (15), quando suaa equipe perdeu para o Quito por 3 a 1, pelo grupo B da Primeira Etapa da competição nacional.

A jovem, nascida em 19 de abril de 2007, enfrentou adversárias com o dobro e até o triplo da idade, mas admite que não se intimida diante de ninguém dentro de um campo de futebol.

“Não me dá medo jogar com meninas mais velhas ou com meninos, porque faço isso desde muito pequena. Eu quero que elas tenham medo de mim”, brincou Evelyn, em entrevista à Agência Efe.

Histórico

Evelyn Burgos está na oitava série de uma escola localizada na cidade de San Francisco de Novillo, na província de Manabí, pela manhã. À tarde, treina no Deportivo Santo Domingo.

“Os treinamentos são físicos. E são muito bons, porque ajudam para nossa melhora, para que façamos as coisas bem”, avaliou a menina.

A jovem ainda revelou o sonho de um dia poder atuar pela seleção equatoriana.

Possível recorde

O “Guiness Book” aponta o boliviano Mauricio Baldivieso com o mais jovem a atuar em partida de primeira divisão, aos 12 anos e 362 dias, quando defendeu o Aurora contra o La Paz, pelo Torneio Clausura do Campeonato Boliviano.

*Com informações da EFE