Flamengo se reapresenta de luto e faz treino fechado antes de semifinal

  • Por Jovem Pan
  • 11/02/2019 15h02
Flamengo/ DivulgaçãoBandeira do Flamengo está a meio mastro no Ninho do Urubu

Três dias depois do incêndio que matou 10 adolescentes no Ninho do Urubu, o Flamengo teve que voltar aos treinos, nesta segunda-feira (11). O clube está de luto, mas se prepara para enfrentar o Fluminense pelo Campeonato Carioca, na próxima quinta-feira (14).

Os jogadores do Flamengo chegaram ao CT em silêncio, a pedido da diretoria, e fizeram um trabalho com portões fechados. No último sábado, o elenco flamenguista chegou a ir ao CT. Também em silêncio, os atletas chegaram em seus carros e foram para a academia, onde fizeram um trabalho físico leve e prestaram homenagens às vítimas, através de uma roda de oração. No domingo o elenco ficou de folga.

O clube não divulgou como foi o treino da equipe nesta segunda. Mas mostrou a bandeira a meio mastro no CT, como símbolo do luto. Depois da atividade, diversos jogadores, como Diego Alves, Juan, Diego e Vitinho, foram visitar os sobreviventes da tragédia no hospital.

Se não realizar nenhuma mudança no que vinha sendo trabalhado, Abel Braga deve levar o Flamengo a campo diante do Fluminense com: Diego Alves; Pará, Rodrigo Caio, Rhodolfo e Renê; Cuellar, Willian Arão, Everton Ribeiro, Diego e Bruno Henrique; Gabigol. A partida pela semifinal da Taça Guanabara aconteceria no sábado, no Maracanã, mas diante da tragédia foi adiada para quinta-feira.
Com Estadão Conteúdo