Envolvido em acusação de estupro, Neymar é escalado para amistoso contra Catar

  • Por Jovem Pan
  • 05/06/2019 10h01
Lucas Figueiredo/CBFDelegação brasileira chegou à Brasília na noite desta terça (4) e foi recebida por um grupo de torcedores

Em meio aos desdobramentos da acusação de estupro da qual foi alvo no último fim de semana, o atacante Neymar está entre os prováveis escalados para o amistoso desta quarta (5) do Brasil contra o Catar, em Brasília. A partida servirá de preparação para a equipe do técnico Tite, que disputará a Copa América a partir do dia 14, em casa.

O camisa 10 da seleção se envolveu em uma polêmica após ter se encontrado com uma brasileira em um hotel de Paris no último dia 15 de maio. A mulher de 26 anos acusa o jogador de ter cometido estupro na ocasião.

No Instagram, Neymar se defendeu em um vídeo dizendo que a relação foi consentida e publicou a conversa que teve com a brasileira antes e depois do encontro. O post, no entanto, foi retirado do ar pela própria rede social por violar os padrões da comunidade. O atleta ainda poderá responder por crime de Internet pela divulgação dos textos.

Um laudo médico apresentado pela mulher ainda atestou que ela teria sofrido “lesões, hematomas e arranhões” e danos psicológicas, como perda da “qualidade de sono, quadro de ansiedade importante, emagrecimento e desânimo”. Nele, constam sete fotografias anexadas, sendo duas tiradas em consultório com o consentimento da paciente e outras cinco que foram apresentadas por ela ao especialista.

A delegação brasileira chegou à capital federal na noite desta terça (4) e foi recebida por um grupo de torcedores. Neymar, inclusive, foi um dos mais apoiados pelos fãs da Seleção no hotel que onde o grupo está hospedado.

O time brasileiro enfrentará o Catar no estádio Mané Garrincha, construído para a Copa do Mundo de 2014, a partir das 21h30. No próximo domingo, a equipe ainda pega a seleção de Honduras em outro amistoso no Beira-Rio, em Porto Alegre.