Rodrygo depende de nacionalização de uruguaio para poder atuar no Real Madrid; entenda

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2019 10h21
Divulgação Real MadridRodrygo foi apresentado como novo jogador do Real

Recém-contratado pelo Real Madrid, Rodrygo depende da nacionalização do uruguaio Fede Valverde para poder atuar no time principal dos Merengues. Isso porque o meia está ocupando uma das três vagas para estrangeiros, impedindo que o brasileiro entre em uma partida oficial na equipe comandada por Zinédine Zidane.

De acordo com o jornal AS, Valverde deve tirar o seu passaporte até setembro de 2019, abrindo espaço para Rodrygo. Éder Militão e Vinícius Júnior são os outros estrangeiros do elenco que não possuem o título.

Contratado em 2015 pelo Real Madrid, o jovem uruguaio é “queridinho” de Zidane e tem garantia no time do Real. Assim, os dirigentes do clube madrileno tentam agilizar a documentação mais rápido possível.

Rodrygo foi integrado ao Real Castilla, espécie de equipe B do Madrid. Assim, ele tenta repetir os passos de Vinícius Jr., que posteriormente foi alçado ao grupo principal.

Outro jogador que vive a mesma situação é o japonês Kubo, que também vive esse impasse na segunda equipe do Real Madrid.