Goleiro da Chapecoense é acusado de ferir ex-namorada em briga

  • Por Jovem Pan
  • 14/03/2019 14h57
Márcio Cunha/ChapecoenseIvan teria ameaçado ex-namorada com faca

O goleiro Ivan, reserva da Chapecoense, está sendo acusado de ferir uma ex-namorada, durante briga, nesta quarta-feira (13). A Polícia Civil de Chapecó está investigando o caso.

A confusão teria acontecido por causa de ciúmes. Ivan teria ido até o salão de beleza onde trabalha a ex-namorada dele para pedir reconciliação. Como não conseguiu, tentou acessar o celular dela.

Porém, ele não tinha a senha. A mulher não quis revelá-la imediatamente, então ele foi até a cozinha e pegou uma faca para ameacá-la. Então ela revelou a informação. Mas mesmo assim a faca teria caído no pé dela, causando uma fratura no pé esquerdo.

A Polícia Civil instaurou um inquérito, mas Ivan fugiu do local e não foi encontrado até agora. A Chapecoense não vai se pronunciar sobre o caso.