Messi foi o mais participativo da Argentina em derrota para a Colômbia; veja números

  • Por Jovem Pan
  • 16/06/2019 17h11
EFEMessi foi o jogador mais participativo da Argentina na derrota para a Colômbia

Lionel Messi finalizou, cruzou e tentou diversas jogadas individuais, mas não conseguiu impedir a derrota da seleção argentina por 2 a 0 para a Colômbia, no sábado (15), na Arena Fonte Nova. Na estreia da Argentina na Copa América, o camisa 10 liderou os “Hermanos” em diversos fundamentos.

Conforme estatísticas do Footstats, Messi foi o atleta que mais tentou marcar  para Alviceleste, chutando duas vezes no alvo e duas vezes para fora. Leandro Paredes, com três, foi o segundo.

Junto com o colombiano Juan Cuadrado, de acordo com o site, o atacante do Barcelona também foi o mais caçado em campo, sofrendo quatro faltas.

Os números também mostram o quanto Messi buscou e falhou ao tentar furar a defesa adversária. Seja em jogada individual ou procurando um companheiro, o argentino não teve sucesso. Ao todo, o astro cruzou seis vezes, errando em todas as oportunidades. Arrancando, ele arriscou dois dribles, mas só conseguiu passar da marcação uma vez.

Números mostram Argentina “travada”

O time de Lionel Scaloni trocou 445 passes ao longo do confronto, mas a grande maioria foi feita entre os volantes e os zagueiros, apontando a enorme dificuldade da seleção argentina em sair de seu campo de defesa.

O volante Leandro Paredes (59), o zagueiro Otamendi (58) e o lateral-esquerdo Tagliafico (46) foram os jogadores que mais passaram a bola da equipe.

Voltando para ajudar na criação, Messi teve 37 passes, um número não tão abaixo em relação aos defensores. Contudo, Aguero e Di María ficaram “ilhados” na marcação colombiana, com apenas um passe para cada.