Não foi só Goulart: 10 jogadores que tiveram curtas passagens e não deixaram saudades nos clubes

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2019 18h08
Fluminense FC/Flickr/Divulgação

A saída de Ricardo Goulart do Palmeiras, anunciada na tarde desta quarta-feira (23), é uma das muitas passagens curtas de jogadores que chegaram com grande expectativa, mas ficaram pouco tempo.

Ricardo Goulart passou pouco mais de quatro meses no Palmeiras. Foram 12 jogos e quatro gols

Veja 10 jogadores com passagens curtas

Ronaldinho Gaúcho (Fluminense)

O craque ficou apenas dois meses no Flu e jogou nove partidas

Marcelinho Carioca (Santos)

O pé de anjo, como ficou conhecido pelos seus gols no Corinthians, atuou pelo Santos em 2001. Foram apenas 15 jogos com a camisa do Peixe

Marcelinho, Marcelinho Carioca

Bruno (Corinthians)

O goleiro passou pelo Corinthians em 2006, mas saiu após acordo sem nem entrar em campo.

Arquivo/Estadão Conteúdo

Emerson Sheik (Botafogo)

O autor dos dois gols do título da Libertadores do Corinthians teve uma passagem rápida pelo Botafogo de 18 jogos e depois foi liberado.

Carlos Alberto (Grêmio)

O polêmico meia teve uma passagem relâmpago pelo Grêmio de apenas 80 dias

Bebeto (Cruzeiro)

O tetracampeão foi contratado para disputar apenas o Mundial de clubes de 1997

Rivaldo (Cruzeiro)

Foi contratado em 2005 pela Raposa, mas só fez 10 jogos

Rodrigo (Flamengo)

O zagueirão teve uma passagem relâmpago pelo Fla, em 2008, e fez apenas quatro jogos

Kieza (São Paulo)

O atacante teve uma passagem relâmpago pelo São Paulo. Foram apenas dois meses e dois gols.

Vampeta (Flamengo)

O volante fez apenas 16 partidas com a camisa rubro-negra, em 2001