Após 17 anos, Palmeiras tenta voltar para semi da Libertadores e pode reencontrar Boca Juniors

  • Por Jovem Pan
  • 03/10/2018 08h44
Cesar Greco/ PalmeirasPalmeiras já venceu o Boca em 2018, na Bombonera

Em 2001, o Palmeiras disputou pela última vez a semifinal da Copa Libertadores. Agora, 17 anos depois, o time tem a chance de chegar nessa fase da competição novamente. Basta superar o Colo Colo, em jogo nesta quarta-feira (3). E pode ocorrer uma coincidência: o adversário na semi pode ser o Boca Juniors, o mesmo de 2001.

Para eliminar o Colo Colo, o Palmeiras pode até perder por um gol de diferença, pois venceu o jogo de ida por 2 a 0. A partida será no Allianz Parque às 21h45 (de Brasília). E o time chileno está com sérios problemas. Então o Verdão é favorito absoluto a ficar com a vaga.

Do outro lado o Boca também tem uma vantagem parecida, pois venceu o jogo de ida, contra o Cruzeiro, pelo mesmo placar. A diferença é que aquela partida foi na Argentina. Agora o time mineiro terá a força do Mineirão para tentar reverter a desvantagem. A partida será na quinta-feira (4), às 21h45.

Caso fique definido o confronto entre Palmeiras e Boca, será a reedição de uma final que foi muito polêmica. Em 2001, a arbitragem de Ubaldo Aquino no jogo de ida prejudicou demais o Palmeiras, principalmente na hora de marcar pênaltis contra e a favor do time argentino. Após dois empates por 2 a 2, a vaga foi decidida nos pênaltis e ficou com o Boca, que terminou como campeão naquele ano.

Em 2018 Palmeiras e Boca já se enfrentaram duas vezes na fase de grupos. Em São Paulo houve um empate por 1 a 1, com gols de Keno e Tévez no fim do jogo. Na Argentina o Verdão conseguiu uma vitória importante por 2 a 0, com gols de Keno e Lucas Lima.