Em 1º treino com bola, Palmeiras busca defesa organizada e ataque agressivo

  • Por Jovem Pan
  • 06/01/2019 16h36
Palmeiras/ DivulgaçãoComissão técnica se preocupou com jogadores recém-chegados, como Felipe Pires e Allione

O Palmeiras começou o ano com muitos treinos físicos e pouco contato com a bola. Mas isso mudou neste domingo (6). Os jogadores tiveram uma atividade técnica na Academia de Futebol, para preparar a defesa de forma organizada e o ataque com agressividade.

Em um dos campos, o auxiliar técnico Paulo Turra preparou os jogadores para se defenderem com 3 jogadores contra 4 atacantes. Ele falou, em entrevista ao site do Palmeiras, que o foco foi nos jogadores que estão chegando ao elenco agora, por terem sido contratados ou voltarem de empréstimos.

“Esse trabalho visa mostrar principalmente para os jogadores que estão chegando nosso modelo de jogo defensivo. Colocamos onde trabalhar coberturas e não tomar bola entre as defesas. Foi um trabalho intenso para mentalizar neles a maneira como nós jogamos quando estamos sem a bola”, explicou Turra.

Em outro campo, o também auxiliar Carlos Pracidelli colocou sete jogadores para enfrentarem outros sete. Ao explicar a atividade, ele destacou principalmente a agressividade que o ataque precisa mostrar.

“Nós recebemos jogadores de outras equipes. Trouxemos com o perfil que a gente necessitava. Nossa equipe é agressiva, vertical e em busca do gol. O objetivo é fazer com que os jogadores mantenham o mesmo pensamento de uma equipe agressiva e vertical”, comentou Pracidelli.