Felipe Melo explica falta dura e diz que derrubou adversário com as genitais

  • Por Jovem Pan
  • 13/03/2019 08h31
Cesar Greco/ PalmeirasFelipe Melo ficou com medo de ser expulso

Depois da vitória do Palmeiras contra o Melgar-PER, nesta terça-feira (12), pela Copa Libertadores, o volante Felipe Melo deu uma declaração curiosa. Ele afirmou que derrubou um adversário com as genitais, em um lance que causou polêmica.

No 1º tempo, quando o Palmeiras já vencia por 1 a 0, Felipe Melo deu um carrinho por trás em Arias. O juiz estava ao lado deles e deu cartão amarelo, apesar dos peruanos pediram expulsão do volante.

Felipe explicou a jogada de forma inusitada: “o árbitro viu que eu não dei uma tesoura nele. Eu não pego com a sola do pé nas costas dele. As minhas genitais encostam nele e derrubam ele. No segundo tempo, no intervalo, o árbitro disse que viu na televisão e disse que era passível de cartão amarelo”.

Logo após dar o carrinho, Felipe levantou as mãos pedindo desculpas. Ele admitiu que teve medo de ser expulso. E também usou mais uma palavra curiosa, “volúpia”, que significa grande prazer sexual.

“Eu fiquei com medo porque é complicado essa situação. Eu fui naquela volúpia de roubar a bola, era um contra-ataque, mas graças a Deus o juiz viu o que aconteceu, que era apenas uma falta”, comemorou Felipe Melo.