Jornal inclui jogadores de Palmeiras, Santos e São Paulo entre 60 melhores promessas do mundo

  • Por Jovem Pan
  • 11/10/2018 09h06
Ivan Storti/Santos FCRodrygo já foi comprado pelo Real Madrid e é um dos principais nomes da lista

A cada ano, o jornal The Guardian faz um estudo sobre promessas do futebol e cria a lista “Next Generation”, com jovens jogadores que devem se destacar futuramente. Em 2018, três brasileiros foram incluídos e todos estão em times paulistas atualmente: o lateral esquerdo Luan Cândido, do Palmeiras; o atacante Rodrygo, do Santos; e o meia Ed Carlos, do São Paulo.

O critério da lista é que só podem entrar jogadores nascidos a partir de 2001, ou seja, nenhum maior de idade está presente. Mas alguns deles já jogam profissionalmente em seus times.

No caso dos brasileiros, Rodrygo é o maior destaque, pois tem sido um dos principais jogadores do Santos nesta temporada. O Real Madrid já o comprou e deve aproveitá-lo a partir do ano que vem, quando ele completará 18 anos.

Luan ainda não estreou pelo time profissional do Palmeiras, mas já foi relacionado e esteve no banco de reservas em algumas partidas. Atualmente ele está com a Seleção Brasileira Sub-20 e costuma chamar atenção em campo.

Já Ed Carlos tem se destacado nas categorias de base do São Paulo, mas enfrenta forte concorrência para subir ao time profissional. Outras promessas da posição, como Igor Gomes e Antony, foram escolhidos para ascender recentemente.

Veja todas promessas da lista “Next Generation”:

Yasser Larouci (Liverpool)
Thiago Almada (Vélez)
Gastón Verón (Argentinos Juniors)
Jacob Italiano (Perth Glory)
Flavius Daniliuc (Bayern de Munique)
Nicolas Raskin (Gent)
Ed Carlos (São Paulo)
Rodrygo (Santos)
Luan Cândido (Palmeiras)
Eyad Hammoud (Sheffield Wednesday)
Tomás Espinoza (Rosario Central)
Tao Qianglong (Hebei)
Andrés Amaya (Atlético Huila)
Antonio Marin (Dínamo Zagreb)
Mario Vuskovic (Hajduk Split)
Filip Firbacher (Hradec Kralove)
Mads Bidstrup (RB Leipzig)
Mason Greenwood (Manchester United)
Curtis Jones (Liverpool)
Shady Radwan (Al Ahly)
Rayan Ait Nouri (Angers)
Abdoulaye Dabo (Nantes)
Willem Geubbels (Monaco)
Loic Mbe Soh (PSG)
Khéphren Thuram (Monaco)
Musa Juwara (Chievo)
Zuriko Daviyashvili (Lokomotiv Tbilisi)
Khvicha Kvaratskhelia (Metalurgi Rustavi)
Olivier Batista Meier (Bayern de Munique)
Noah Katterbach (Colônia)
Luca Unbehaun (Borussia Dortmund)
Allahyar Sayyad (Esteghlal)
Nicolo Fagioli (Juventus)
Pietro Pellegri (Monaco)
Eddy Salcedo Mora (Inter de Milão)
Parfait Guiagon (Africa Sports)
Takefusa Kubo (Yokohama Marinos)
Sebastián Martínez (Guadalajara)
Myron Boadu (AZ)
Daishawn Redan (Chelsea)
Joshua Kitolano (Odd)
Edvard Tagseth (Liverpool)
Fernando Cardozo (Olimpia)
Umaro Embalo (Benfica)
Jovan Markovic (Universitatea Craiova)
Billy Gilmour (Chelsea)
Ivan Ilic (Estrela Vermelha)
Augustine Mahlonoko (Orlando Pirates)
Lee Kang-in (Valencia)
Eric García (Manchester City)
Victor Mollejo (Atlético de Madrid)
Pelayo Morilla (Sporting Gijón)
Nabil Touaizi (Manchester City)
Kevin Ackerman (Hacken)
Julian von Moos (Basel)
Muhammed Taha Tepe (Altinordu)
Atalay Yildirim (Altinordu)
Konrad de la Fuente (Barcelona)
Facundo Milán (Defensor Sporting)
Emiliano Gómez (Defensor Sporting)