Marcos Rocha quer aproveitar ‘instabilidade’ do São Paulo para vencer o clássico

  • Por Jovem Pan
  • 14/03/2019 16h30
Cesar Greco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoMarcos Rocha concede entrevista coletiva na Academia de Futebol

Para garantir a classificação antecipada para a próxima fase do Campeonato Paulista, o Palmeiras precisa vencer o São Paulo neste sábado (16), às 16h30min, no estádio do Pacaembu. Mesmo jogando como visitante e só com a presença de torcedores rivais, Marcos Rocha está confiante para o clássico.

O lateral-direito e um dos jogadores mais experientes do elenco alviverde quer aproveitar a boa fase do Verdão, que não perde há sete jogos – quatro vitórias e três empates, e a instabilidade do adversário, que trocou de treinador recentemente após ser eliminado na pré-Libertadores da América para o Talleres, da Argentina.

“A gente está vivendo um bom momento, principalmente depois do jogo da Libertadores. O São Paulo está mudando de treinador. Temos de aproveitar a instabilidade que o adversário tem, mas respeitando a grandeza da equipe e a torcida a seu favor. Será um grande jogo, mas temos de aproveitar esse momento para sairmos com um bom resultado”, comentou.

Para Marcos Rocha o fato do clássico ser disputado com torcida única não pode interferir na maneira de jogar do time comandado por Luiz Felipe Scolari. O lateral-direito lembrou que o Palmeiras também costuma mandar alguns jogos no Pacaembu e não terá dificuldades para se adaptar ao estádio.

“A gente busca a classificação, sabemos que o Pacaembu é um campo neutro neste momento. O São Paulo manda jogos lá e o Palmeiras também, temos uma adaptação muito boa no estádio. Acho importante que a gente respeite a equipe deles, mas temos de colocar à nossa maneira de jogar, a nossa identidade. Sempre com bastante pegada”, concluiu o lateral.

O Palmeiras lidera o grupo B do Campeonato Paulista com 19 pontos, três a mais que o vice-líder Novorizontino, e cinco à frente do Guarani. Já o São Paulo ocupa a segunda posição do grupo D com 14 pontos, mesmo número do líder Ituano, que leva vantagem no critério de desempate e dois a mais que o Oeste, terceiro colocado.