Palmeiras durante a Copa: negociações e viagem podem gerar problemas para o time

  • Por Jovem Pan
  • 10/07/2018 12h20
César Greco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoGustavo Scarpa está de volta ao Palmeiras

O Palmeiras foi um dos times mais ativos no mercado da bola durante a pausa pra disputa da Copa do Mundo. Saídas e negociações foram frequentes nos bastidores do clube. Tudo isso, junto com os amistosos disputados no Panamá e na Costa Rica, podem afetar a retomada da temporada a partir da semana que vem.

O principal problema será a ausência de Keno, titular do Verdão no 1º semestre, que foi negociado com o Pyramids, do Egito. Outros 4 jogadores também se despediram, mas não farão tanta falta, pois eram pouco utilizados: Tchê Tchê (Dinamo de Kiev), Fernando (Shakhtar Donetsk), João Pedro (Porto) e Daniel Fuzato (Roma).

O substituto natural de Keno no time titular deve ser Gustavo Scarpa, que enfim resolveu problema judicial com o Fluminense. O Palmeiras teve que lutar para mantê-lo no clube, mas conseguiu o acordo. Ele tem características diferentes de Keno, mas pode ser tão ou mais importante que ele. Outro reforço do time foi o zagueiro Nicolas Freire, que inicialmente chega para compôr elenco.

Um possível problema para o Palmeiras é Dudu, por causa de uma negociação que rolou durante a Copa do Mundo. O Shandong Luneng, da China, fez uma proposta alta pelo jogador, que foi recusada pelo clube. Não ficou claro se o atacante queria ficar ou sair. Se ele preferia ser negociado, pode dar trabalho internamente durante o resto do ano.

Outro possível problema para o Verdão é o desgaste gerado pela viagem para Panamá e Costa Rica. O clube fez mais deslocamentos que outros times brasileiros e disputou 3 partidas, o que tirou tempo de treino do técnico Roger Machado. O Palmeiras venceu todos jogos, mas enfrentou equipes de qualidade questionáveis.

O resultado disso tudo poderá ser visto a partir do dia 19 de julho, quando o Palmeiras enfrentará o rival Santos, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro.