Palmeiras encaminha a volta do zagueiro Vitor Hugo, campeão brasileiro em 2016

  • Por Jovem Pan
  • 18/07/2019 17h10
Alex Silva/Estadão ConteúdoO zagueiro Vitor Hugo foi campeão brasileiro pelo Palmeiras em 2016

Dono da melhor defesa do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras está perto de reforçar ainda mais o setor para o restante da temporada. O zagueiro Vitor Hugo, campeão brasileiro pelo time alviverde em 2016 e atualmente na Fiorentina, tem a contratação encaminhada pelo clube de Palestra Itália. A informação foi inicialmente divulgada pelo site Nosso Palestra e confirmada pelo repórter Raphael Thebas, do Grupo Jovem Pan.

O Besiktas, da Turquia, e o Leganés, da Espanha, também tinham interesse na aquisição do defensor de 28 anos, mas ele optou por retornar ao Palmeiras. O clube alviverde o contratará em definitivo, e as partes devem assinar nos próximos dias um vínculo de cinco anos. Na Europa, a transferência é avaliada em 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 23 milhões).

Apesar de confiável, o miolo de zaga causava preocupações à diretoria do Palmeiras por causa da quantidade de jogadores disponíveis para o setor. Com o empréstimo de Juninho ao Bahia, o treinador Luiz Felipe Scolari passou a contar com apenas quatro atletas para a posição: Luan, Gustavo Gómez, Antônio Carlos e Edu Dracena.

Com a provável volta de Vitor Hugo, que integra o grupo dos dez zagueiros com mais gols na história do Palmeiras, o time ganha mais uma boa opção para as duas competições que restam na temporada Brasileirão e Libertadores.

A contratação, no entanto, não está relacionada a uma possível saída de Gustavo Gómez para a Lazio.

Vitor Hugo chegou ao Palmeiras em 2015, emprestado pelo América-MG. O bom desempenho na conquista da Copa do Brasil do mesmo ano, porém, fez o clube paulista comprar 50% dos seus direitos por 1,5 milhões de euros.

Titular na campanha do eneacampeonato brasileiro, em 2016, ele se tornou um dos xodós da torcida e, após anotar 13 gols em 131 jogos, foi vendido em 2017 à Fiorentina, da Itália, por 8 milhões de euros.

Em duas temporadas na Europa, o zagueiro disputou 54 jogos e anotou apenas um gol justamente o primeiro da equipe italiana depois da precoce morte do então capitão viola, Davide Astori.