Palmeiras falta em reunião que definiu datas e horários dos próximos jogos do Paulista

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2019 14h01
DivulgaçãoAndrés Sanchez e Lugano viram explicações sobre o sistema de vídeo arbitragem

A Federação Paulista de Futebol promoveu uma reunião, nesta quinta-feira (21), para definir datas e horários das quartas de final do Campeonato Paulista. O Palmeiras, que costuma criticar a FPF com frequência, não teve um representante na reunião. Ficou decidido que o Verdão e o Santos jogarão no sábado (23). Já Corinthians e São Paulo entrarão em campo no domingo (24).

O primeiro jogo envolverá justamente o Palmeiras, que visitará o Grêmio Novorizontino às 17h (de Brasília). Depois disso, acontecerá o duelo entre Santos e Red Bull Brasil, no Pacaembu, às 19h30.

No dia seguinte, o São Paulo enfrentará o Ituano, no Morumbi, às 16h. Na sequência, o Corinthians jogará contra a Ferroviária, em Araraquara, às 19h.

As datas dos jogos de volta também foram decididos. Na terça-feira (26), o Santos vai decidir fora de casa, no Moisés Lucarelli, às 20h. No mesmo dia a equipe de Luiz Felipe Scolari receberá o adversário às 21h, no Pacaembu.

Na quarta-feira (27), o São Paulo vai encarar o Ituano em Itu, às 19h15. O Corinthians jogará contra a Ferroviária, às 21h30, em Itaquera.

Na reunião o Corinthians foi representado pelo presidente Andrés Sanchez. Raí, diretor-executivo do São Paulo, estava acompanhado do gerente Lugano. O Santos mandou Bruno Carbone, membro do comitê de gestão. Juninho Paulista representou o Ituano. Também estavam presentes os presidentes do Novorizontino, Genilson Santos; do Red Bull Brasil, Thiago Escuro; e o diretor de futebol da Ferroviária, Roque Junior.

Por se declarar rompido com a FPF desde abril do ano passado, o Palmeiras foi o único a não ter dirigentes no encontro. Os dirigentes que foram passaram por explicações e testes relacionados ao VAR (sistema de vídeo arbitragem), que passará a ser utilizado no Paulista.

Com Estadão Conteúdo