Após viagens, Palmeiras e Santos não aproveitaram pausa para Copa e mostraram velhos problemas

  • Por Jovem Pan
  • 20/07/2018 10h56
Palmeiras/ DivulgaçãoPalmeiras e Santos terão que correr atrás de prejuízo causado durante a Copa

A pausa de um mês no Campeonato Brasileiro, causado pela disputada da Copa do Mundo na Rússia, deveria servir para os times corrigirem problemas apresentados no 1º semestre. Mas Palmeiras e Santos não conseguiram fazer isso. Eles viajaram durante a intertemporada e, no clássico desta quinta-feira (19), repetiram velhos erros.

O Palmeiras, que viajou para o Panamá, teve um problema que já irritava a torcida antes: saiu na frente, mas não conseguiu segurar ou ampliar a vantagem, e acabou tomando gol no fim do jogo. Isso já tinha acontecido em jogos contra Sport, Botafogo, Ceará, Flamengo e Boca Juniors (em casa). Desta vez o time conseguiu abrir o placar com Lucas Lima, mas sofreu gol de Gustavo Henrique no 2º tempo.

O técnico Roger Machado disse que não é um caso de acomodação, apesar disso ficar evidente: “não concordo que há um relaxamento natural. Os adversários querem tirar a diferença do placar. Que bom que a gente sai na frente. O que a gente tem que analisar com os dados, o vídeo, é que o adversário vai querer tirar a diferença e naturalmente ele vem mais pra cima. E aí sim, a gente tem que ter a capacidade de matar a partida”, afirmou o técnico, que tem visto a equipe perder seguidas chances de gol, que justamente matariam os jogos.

No Santos, que viajou para o México, o problema é maior. O time ficou totalmente desorganizado mais uma vez no ataque. O meio-campo não existiu, já que Jair Ventura escalou 4 atacantes. Rodrygo até tentou organizar o time de trás, mas não teve sucesso. E na frente os outros jogadores mostraram desentrosamento, algo inaceitável para uma equipe que treinou junta durante a pausa para Copa do Mundo. O gol de empate só saiu em uma jogada de bola parada, em um lance confuso.

Tanto Palmeiras quanto Santos fizeram viagens durante a pausa para Copa do Mundo. Isso pode explicar o fato de eles não terem aproveitado tão bem o período sem jogos. Agora, com o calendário inchado, terão que correr atrás do prejuízo, afinal outros times já mostraram evolução nesta rodada do campeonato.