Palmeiras segue em evolução, mas Felipão terá que cuidar da ‘cabeça’ do time

  • Por Jovem Pan
  • 10/09/2018 08h48
Palmeiras/ DivulgaçãoFelipão quer um Palmeiras mais calmo em campo e fora dele

A vitória do Palmeiras no clássico contra o Corinthians foi mais uma prova da evolução do time de Felipão. O time alviverde controlou totalmente o clássico, venceu por 1 a 0 e teve chances de conseguir um placar ainda melhor. Mas o técnico ainda está preocupado porque vê problemas de “cabeça” no Verdão.

É comum os jogadores do Palmeiras mostrarem descontrole emocional, algo que já era visto sob comando de Roger Machado. Recentemente, por exemplo, Felipe Melo foi expulso no começo do jogo contra o Cerro Porteño e quase complicou o time na Copa Libertadores. No Campeonato Brasileiro, o Verdão é o 2º time que mais recebeu cartões, 75 ao todo. No clássico, o problema apareceu novamente, principalmente por causa das provocações de Deyverson. E antes disso, o time já mostrava nervosismo e desequilíbrio.

Felipão percebeu o problema e admitiu que precisa cuidar disso: “eu preciso ajustar alguns procedimentos do nosso time. Não do futebol. De fora do futebol. Dentro de campo está tudo organizado com nossa comissão, centro de informação dando condições. Ainda preciso ajustar algumas situações que não são de dentro de campo, e é isso que me preocupa, porque sem cabeça boa não conquista títulos”.

O técnico também tratou de evitar outro problema que pode aparecer, a acomodação, causada pelos bons resultados recentes. Ele destacou que o Palmeiras não está acima da média dos adversários: “se estivesse acima estava em primeiro lugar, ganhando tudo. Não está acima, o que temos é uma equipe organizada e que vai brigando por tudo”.