Palmeiras tem defesa menos vazada do Paulista e tenta resolver dúvidas do ataque

  • Por Jovem Pan
  • 11/02/2019 10h18
César Greco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoPalmeiras ainda não sofreu gol com a dupla Edu Dracena e Antônio Carlos em campo

O Palmeiras pode se orgulhar de ter a defesa menos vazada do Campeonato Paulista até agora. O time sofreu apenas 2 gols em 5 jogos. Mas o ataque ainda está devendo, com mistérios e dúvidas. A partida contra o Bragantino, nesta segunda-feira (11), às 20h (de Brasília), será importante para o Verdão tentar resolver esse problema.

Os 2 gols sofridos pelo Palmeiras foram contra Red Bull Brasil, no 1º jogo do ano, e contra o Corinthians, na partida mais difícil até agora. O curioso é que nos 2 jogos a dupla de zaga era a considerada principal, formada por Luan e Gustavo Gómez. Ou seja, a dupla Antônio Carlos e Edu Dracena, que disputou 2 jogos, não foi vazada ainda. Felipão não deixou claro qual dupla será utilizada nesta segunda-feira. O normal seria manter o revezamento. Mas como o time teve a semana livre para descansar, é possível que os titulares sejam utilizados novamente.

No ataque existem duas vagas preenchidas. Dudu é titular absoluto e tem disputado todas partidas. Já Borja com certeza jogará porque o concorrente, Deyverson, está suspenso.

As outras duas vagas geram mistério. No meio-campo Lucas Lima ainda não conseguiu se destacar. E sobram opções para o lugar dele, como Moisés, Gustavo Scarpa, Raphael Veiga, Guerra e Hyoran.

No ataque a grande dúvida é entre Carlos Eduardo e Felipe Pires. O primeiro custou caro e chegou com mais moral ao elenco, mas jogou mal contra o Corinthians. Já o outro teve bons momentos e está ganhando espaço. Essas definições no ataque devem sair a partir do jogo contra o Bragantino, nesta segunda.