Última vez que o Palmeiras perdeu por 2 gols de diferença foi em fevereiro

  • Por Jovem Pan
  • 30/08/2018 11h42
Palmeiras/ DivulgaçãoDefesa do Palmeiras não sofre gol há 9 jogos

O sistema defensivo tem sido um dos pontos fortes do Palmeiras em 2018 e será fundamental para o time conseguir a classificação na Copa Libertadores, nesta quinta-feira (30), no Allianz Parque. Afinal, se o Verdão não perder para o Cerro Porteño por 2 gols de diferença, estará nas quartas de final, pois venceu o jogo de ida por 2 a 0. A boa notícia para os palmeirenses é que o time não perde por esta diferença desde 24 de fevereiro, mais de 6 meses atrás.

Naquele dia, aconteceu uma derrota dolorida, pois foi no clássico contra o Corinthians, em Itaquera, pela fase de grupos do Campeonato Paulista. Rodriguinho e Clayson fizeram os gols do Timão, sendo que o goleiro Jailson foi expulso por fazer um pênalti polêmico. Naquela partida, Roger Machado escalou o Palmeiras com a seguinte formação: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo, Tchê Tchê (Keno) e Lucas Lima (Fernando Prass); Willian (Gustavo Scarpa), Borja e Dudu.

O time base do Palmeiras mudou bastante desde então. Weverton, Edu Dracena, Diogo Barbosa, Bruno Henrique e Moisés devem ser titulares nesta quinta, contra o Cerro.

E a defesa do Verdão melhorou com as mudanças. Só sofreu 2 gols ou mais em 4 partidas, contra Santos, Sport, Ceará e Atlético-MG. E em todos estes jogos também marcou 2 gols ou mais.

A defesa, que já era um ponto forte com Roger Machado, evoluiu sob comando de Felipão. O time não toma gol há 9 jogos, com 6 vitórias e 3 empates nesse período. Portanto, não é à toa que o técnico do Cerro Porteño disse que tirar essa vantagem do Palmeiras será um milagre.